A criação de animais envolve cuidar de muitos tipos diferentes de gado.

A criação de animais é a ciência de cuidar e criar animais – especificamente aqueles que são usados ​​na agricultura, para fornecer produtos, para fins de pesquisa ou como animais domésticos. O assunto cobre uma ampla gama de atividades, incluindo cuidados e tosa, pecuária , acomodação e higiene. O estudo também se sobrepõe a muitas outras disciplinas, como agricultura, veterinária e genética . Nem todas as pessoas envolvidas na criação necessariamente participarão de todas essas atividades ou necessitarão do conhecimento de outras disciplinas. Em muitas partes do mundo, as pessoas estão essencialmente praticando a criação de animais sendo agricultores, pecuaristas, pastores de ovelhas ou simplesmente cuidando de grandes grupos de gado.

Agricultura

A criação de animais premiados, incluindo galos, pode ser o resultado de gerações de criação cuidadosa.

A agricultura tem sido praticada há milhares de anos e envolveu, em um estágio inicial, a criação de animais para carne, leite e roupas. Isso exigia que os humanos adquirissem conhecimento sobre as espécies animais que poderiam ser domesticadas para garantir o máximo de produtividade. Os humanos se familiarizaram com seus hábitos, os protegeram de predadores, ajudaram nos partos e aprenderam a tratar ou prevenir muitas doenças.

Pessoas que trabalham na criação de animais podem se especializar em cuidar de porcos ou outros animais específicos.

Hoje, muitas das práticas envolvidas na criação de animais vêm naturalmente de serem criadas em fazendas onde um grande número de gado é criado. Isso é particularmente verdadeiro em áreas principalmente rurais e em países menos desenvolvidos. As crianças são ensinadas desde cedo a cuidar dos mesmos tipos de animais que seus pais criam, para que possam assumir o controle de fazendas e ranchos quando adultos. Em países mais desenvolvidos, existem programas que ajudam as crianças a aprender como criar e cuidar dos animais. Como a maioria das pessoas não cria mais seu próprio gado para comer carne ou roupas, esses programas dão às crianças a oportunidade de aprender algumas das habilidades necessárias.

Reprodução

Algumas pessoas envolvidas na criação de animais podem se especializar em cavalos.

À medida que os animais de fazenda se tornaram domesticados e os humanos começaram a manter certas espécies como animais de estimação, desenvolveram-se técnicas de criação que permitiram a criação e manutenção, ao longo de muitas gerações, de características desejáveis. Isso pode incluir um temperamento dócil, alta produção de leite no gado ou habilidades de caça e rastreamento em cães. A ideia era identificar características úteis e criar animais adequados uns com os outros. A prole com as características corretas seria então selecionada para reprodução posterior. Hoje, essas técnicas foram aprimoradas pelo conhecimento da genética e aumentadas por novos métodos, como a inseminação artificial e a transferência de embriões para mães de aluguel.

Animais como vacas e cabras são freqüentemente criados para dar leite.

A partir de 2013, uma das áreas de maior crescimento pode ser a engenharia genética da pecuária. Isso permite a criação de animais com características aprimoradas por meio da transferência de material genético. Pode atingir os resultados desejados muito mais rapidamente do que a reprodução seletiva e abre muitas novas possibilidades. Pode ser possível não apenas melhorar a produção de carne e leite, mas também fornecer alimentos mais saudáveis ​​e nutritivos e até mesmo para animais de fazenda que produzem medicamentos úteis.

Carreiras na criação de animais

A criação de animais é a ciência de cuidar e criar animais.

Seguir uma carreira nessa área pode significar desde a continuidade na agricultura familiar até a obtenção de qualificações acadêmicas em temas de especialização. Muitas universidades e faculdades oferecem cursos de graduação em criação de animais, em aspectos específicos do assunto e em assuntos relacionados. Pessoas que fazem graduação neste assunto podem estar menos interessadas em cuidar de gado e mais propensas a se especializar com pós-graduação em medicina veterinária, farmácia especializada em animais ou em administrar grandes empresas que fabricam produtos para gado, como rações.

A criação de animais inclui o fornecimento de um local seguro para o gado viver longe do clima e dos predadores.

Specialists in animal husbandry may try to address particular problems, for example methods for preventing mastitis in cows, or the specific requirements of shelters for pigs. As many farms have become more industrialized, calculating optimum accommodation space may be a focus. Some people who raise livestock may also take classes in animal husbandry to learn how to do certain things, such as how to dock tails, make use of the newest technology to milk cattle, or breed them using artificial insemination techniques.

Animal husbandry skills may be used to take care of sheep to produce wool.

Aside from agriculture, one of the largest areas in which husbandry is employed is in the raising of animals for scientific and medical research. Trials of new drugs and testing of chemicals for safety often require that large numbers are raised and kept in identical conditions, so that valid comparisons can be made between different groups. It is also essential that animals used for testing are healthy. This involves carefully regulating a number of different factors, such as temperature, ventilation, lighting and sanitation, as well as food and water. A detailed knowledge of the needs of specific species is required.

Animal Welfare

The emphasis on greater productivity and reduced costs in agriculture has led to controversy over some farming methods. Some specialists in animal husbandry have looked into ways of reducing the space requirements for accommodation, modifications to produce more docile animals, and genetic alterations or drug injections to increase yield. The introduction of bovine stimulating hormone (BSH) to increase milk production in cows is one example. Other experts believe feel that goals in raising stock should always be focused on humane caring for livestock. Many have argued for a “free-range” approach and for organic farming methods that do not involve the use of drugs or hormone injections.

Controversial Practices

In the quest to produce animals that are ideally suited to their purpose, a number of controversial practices have arisen. These include the de-horning of cattle; the tail docking, ear cropping and debarking of dogs; and the declawing of domestic cats. Those in favor of these techniques put forward a number of arguments. For example, dehorning of cattle may be performed to prevent injury to people working with them, and for the animals’ own safety. Opponents, however, argue that many of these methods are cruel, that they deprive creatures of their natural defenses or means of communication, and that they are unnecessary as they are often done for purely aesthetic reasons.