Significado e Conceito de Decepção

A decepção é um sentimento de dor, tristeza, surpresa que se desenvolve em uma pessoa através de agentes externos onde havia muita confiança.

A decepção é acompanhada de melancolia, estresse e ansiedade. Diz-se que é uma surpresa porque a pessoa não o esperava, portanto, depois de descobrir ou perceber as falsas expectativas entra numa etapa que o deixa com uma sensação de vazio.

Normalmente as maiores causas estão na esfera emocional através do amor e da amizade que afetam o coração do ser humano.

A decepção é uma situação desagradável no coração que se experimenta quando se deposita confiança em uma pessoa ou qualquer evento, a realidade rompe com aquele ideal que supunha e traz um gosto desagradável, que é chamado de decepção no amor.

A pessoa decepcionada apresenta atitudes de tristeza, desânimo, frustração e até mesmo, às vezes, quando se trata de desinteresse, eles ouvem canções de decepção e despeito.

Há também pessoas que liberam esses sentimentos desagradáveis colocando no twitter, instagram, frases do facebook de Decepção como:

“A decepção não mata, ela ensina” Candidato,

“Perder alguém que nunca te amou não é perder” Lina Storni

“Deixe o tempo passar e veremos o que isso traz” Gabriel Garcia Marquez

Decepção de Acordo com a Psicologia

De acordo com a psicologia, decepção é um processo interno que ocorre quando um indivíduo não se envolve ou se relaciona com pessoas que mostram ser o que realmente são, mas cria uma imagem falsa.

Para aprender a superar a decepção, deve ficar claro que todos têm sua própria personalidade e não são como eles, todos têm sua própria maneira de ser, seus próprios valores, experiências, princípios e crenças.

É importante e ajudará muito falar com certas pessoas sobre este sentimento de desapontamento para ajudar a contrastar a situação.

Tipos de Decepção

Há vários tipos de decepções que podem afetar os seres humanos, algumas das quais são explicadas abaixo:

Decepção Amorosa

É um transe intenso que é produzido pela ruptura do relacionamento de um casal; onde um dos dois influencia de forma direta a vida do outro indivíduo que sofre ou sente a decepção, ao passar por uma decepção amorosa, a identidade social, econômica, de tempo, de identidade e auto-estima do indivíduo é afetada, entre outros.

O importante é ficar claro que para superar uma decepção no amor, não é como você pensa, o que é extremamente difícil, mas existem estratégias e terapias que ajudam a superar a situação. A primeira coisa é evitar ambientes tristes, canções de despeito, imagens de decepção, já que tudo pode ser superado.

Decepção Pessoal

A decepção pessoal deixa um sabor cítrico e amargo e traz à tona uma má memória na mente. Às vezes pode acontecer que a descoberta de falsas expectativas cause desencanto e um sentimento de vazio, por exemplo, muitas pessoas o definem como “dói muito”. Entretanto, este tipo de turbulência na vida ajuda você a aprender, amadurecer e conhecer melhor a si mesmo.

Decepção Familiar

As decepções não são sofridas apenas com casais ou amigos, pois também podem acontecer no ambiente familiar e neste caso a ferida emocional causa uma dor mais forte, pois quando se trata da família as expectativas são maiores, para este tipo de situação é aconselhável lembrar que as pessoas têm limites, por exemplo, no caso das crianças elas criam uma imagem de super heróis para com seus pais, mas quando chegam à adolescência a perspectiva muda.

Assim como quando chegam à idade adulta, aprendem que a família deve ser amada com virtudes e defeitos, que também há pontos negativos junto com os positivos e sempre no núcleo familiar para evitar este tipo de sentimentos decepcionantes, a compreensão, o respeito e o amor devem prevalecer.

A decepção é uma emoção subjetiva, um sentido negativo do estado de espírito que ocorre quando deixamos ir algo ou alguém que frustra nossa expectativa.

A decepção é um sentimento muito comum de insatisfação entre as pessoas, que ocorre quando os planos são quebrados ou interrompidos ou quando uma pessoa nos trai.

Quando a decepção é amorosa, falamos de desilusão, pois ficamos desapontados ou desiludidos quando temos uma idéia errada sobre os sentimentos de outra pessoa.

Mas não podemos nos aplicar apenas a planos ou situações, podemos também usá-lo em relação às pessoas, ou seja, há pessoas que podem gerar decepção nos outros quando não correspondem às expectativas a elas atribuídas, ou simplesmente se nos traem ou nos prejudicam com seu comportamento e ações.

Deve-se notar que embora o decepção seja um sentimento que pode ser superado, especialmente nos casos em que o perfil da pessoa que sofre é caracterizado por ser positivo, o oposto também pode ocorrer e continuar a longo prazo levando à frustração e, finalmente, a um estado ainda mais grave como a depressão.

A decepção destrói uma certeza e as certezas não crescem sozinhas. Aqueles que se avariam também nunca se recuperam e se recompõem. A construção de uma nova certeza requer trabalho, dedicação, esforço e uma confiança aterrorizante que se perde com a idade.

Também exige a capacidade de ignorar as conseqüências que as decepções anteriores causaram na mente, pois lembrá-las é tão doloroso que torna impossível a reconstrução de novas certezas. Quanto mais velho você for, menos certezas você tem e mais decepções você acumula.

Também indica que muitas vezes este estado pode ser acompanhado de ansiedade e muito estresse.

A idéia de decepção também é usada com relação ao sentimento que alguém tem quando suas expectativas não são atendidas ou quando algo não se desenvolve de acordo com as expectativas:

  • “O décimo lugar da seleção na última Copa do Mundo foi uma decepção”,
  • “A demissão do técnico no meio do torneio causou uma profunda decepção em todos os jogadores”,
  • “A imprensa alemã definiu o último álbum do artista como uma decepção”.

Após uma decepção, geralmente fechamos a porta para novas experiências por medo de sofrer novamente, de sentir aquela dor profunda de desilusão.

É por isso que muitas pessoas preferem ou decidem não se apegar a alguém que pensa que desta forma minimiza o risco de sofrer novamente.

Os psicólogos chamam esta escolha de “efeito à prova d’água”. Isso pode acontecer quando demos o melhor de nós mesmos ao nosso parceiro e nos enganamos com outra pessoa, quando somos completamente honestos com um amigo e espetamos uma adaga nas costas, ou quando sofremos o abandono de nossos pais ou parentes.

Infelizmente, mesmo que não seja uma dessas três situações, você provavelmente já experimentou essa sensação.

o que e decepção significado conceito exemplos