A aranha banana norte-americana.

O termo “banana aranha” pode se referir a dois aracnídeos totalmente diferentes , os nephila clavipes da América do Norte e os phoneutria da América do Sul. As variedades podem ter aproximadamente o mesmo tamanho, mas têm aparências e habitats dramaticamente diferentes. O primeiro tipo, que tece uma teia conhecida por sua incrível força, é tímido e bastante inofensivo. Este último tipo, que viaja pelo solo e caça em vez de fazer uma teia, é agressivo e tem uma mordida potencialmente letal.

Nomes

Phoneutria também são conhecidos como bananenspinne, kammspinne e aranhas errantes. Algumas pessoas também as chamam de aranhas armadas. Nomes comuns para N. clavipes são aranha escrita e tecelão de orbe dourada.

As aranhas-banana às vezes são encontradas em cachos de bananas.

O rótulo “aranha banana” está associado à phoneutria porque às vezes se escondem em cachos de banana. Esse hábito fez com que as pessoas os enviassem acidentalmente para supermercados em outros países. As versões norte-americanas ganharam esse nome porque as fêmeas têm corpo amarelo.

Aparência

O corpo da banana aranha da América do Sul geralmente fica entre 0,7 e 1,9 polegadas (1,8 a 4,8 cm). A extensão da perna é de 13 a 15 cm (4 e 5 polegadas). A fêmea da tecelã dourada da América do Norte é comparável em tamanho. Tem um comprimento de corpo entre 2,54 a 5,08 cm (1 e 2 polegadas) e envergadura de até 5 polegadas (15 cm), tornando-o o maior aracnídeo não tarântula da América do Norte. O macho é menor, com um tamanho corporal de até 0,5 polegadas (1,27 cm) e uma envergadura de até 1,5 polegadas (3,81 cm).

As aranhas-banana se alimentam de grilos, entre outras presas.

Uma phoneutria normalmente tem uma coloração acastanhada, semelhante a um N. clavipes masculino . Algumas espécies têm uma coloração vermelha distinta ao redor das mandíbulas. As pernas da fêmea de N. clavipes apresentam seções alternadas entre marrom-escuro e amarelo-esverdeado, o que serve de alerta aos predadores. A coloração às vezes faz com que as pessoas confundam os tecelões de orbe dourada com outro aracnídeo comum de jardim, o argíope.

Habitat

As aranhas-banana comem os insetos encontrados em seu ambiente, como as vespas.

Os indivíduos encontraram espécies de phoneutria em quase todas as regiões da América do Sul. Esses aracnídeos são noturnos e se escondem em áreas como pilhas de madeira, bananeiras, áreas escuras das casas e dentro das roupas. As pessoas os chamam de “errantes” porque se movem pelo chão da selva quando ativos.

N. clavipes reside principalmente no sudeste da América do Norte. Eles geralmente ficam perto de arbustos e plantas com flores em jardins, mas preferem áreas ensolaradas e gostam de árvores. Não é incomum encontrá-los vivendo em caminhos ou trilhas. Ao contrário de suas contrapartes sul-americanas, eles são muito mais visíveis e normalmente não pegam as pessoas de surpresa tanto.

Teias

A picada de uma banana aranha da América do Sul é conhecida por ser tóxica e dolorosa.

Embora as aranhas errantes possam tecer seda e usá-la durante a escalada, elas não constroem teias. A falta de uma teia significa que eles devem caçar ativamente por comida. A variedade norte-americana faz uma teia, que pode ter vários metros de largura. É comum encontrar as teias ao nível dos olhos, pois é uma boa altura para a captura de insetos. A durabilidade dessas casas é notável, já que a seda é mais forte do que Kevlar & reg.

Dieta

Both varieties of banana spider feast on insects found in their environment, such as wasps, fruit flies, locusts, crickets and bees. Larger phoneutria also may eat larger prey such as lizards and mice. N. clavipes can eat these bigger meals, as well, but they generally do not get the chance, as they are much more shy, have a less potent bite and rely on their webs to catch food.

Lifespan

South American banana spiders can live up to two years. The North American type has a slightly shorter lifespan. They usually do not live longer than a year.

Toxicity and Danger Level

Being able to tell these two types of arachnids apart through elements such as appearance, web building, lifespan and diet is critical because of the difference in venom toxicity. The venom of N. clavipes is similar in nature to that of the black widow, but it is far less potent, making it quite harmless to humans in the majority of cases. A bite from the North American kind usually doesn’t result in much more than a welt that passes within 24 hours. Some individuals do experience a more severe allergic reaction, however, which can cause difficulty breathing and muscle cramping.

Phoneutria, whose name means “murderess,” are among the world’s most dangerous arachnids, with the 2012 Guinness Book of World Records labeling them as the most poisonous. Their venom causes potentially deadly reactions in the nervous system. Bites result in severe, immediate pain, cold sweats and irregular heartbeat. Fast medical attention is necessary when these bites occur. The aggressiveness of phoneutria makes them even more problematic, as they will bite multiple times before retreating.

With South American banana spiders having the ability to kill, getting them out of living and working areas is a must. Many people don’t bother to remove golden orb weavers because they keep the populations of pesky insects down. When someone does want to get rid of them, all he has to do is tear down the webs so they will go somewhere else.