Os lençóis dos rios são ecossistemas formados em várzeas adjacentes a uma bacia hidrográfica . Eles aparecem nas seções intermediárias do canal onde o declive é baixo, frequentemente acompanhados por bacias semi-endorreicas . Embora muitas terras possam se enquadrar nesta definição, o termo tabela é na verdade usado para se referir a áreas que sofrem inundações frequentes e periódicas, geralmente de natureza sazonal e com áreas permanentemente inundadas.

Treinamento

As tábuas dos rios são formadas em planícies onde o declive é baixo , a velocidade do rio torna-se muito lenta e o canal torna-se sinuoso. Com o tempo, as bordas dos meandros sofrem erosão e pântanos, águas estagnadas e riachos começam a aparecer entre os diferentes meandros.

Devido a essa erosão, chega um momento em que a vazão do rio ultrapassa as margens entre os meandros e toda a área é inundada . Se houver inundações relativamente constantes, os meandros continuam a sofrer erosão, formando grandes áreas de pântanos. O processo é favorecido se ocorrerem fenômenos de semiendorreismo , que podem ocorrer facilmente se a área tiver declives suaves contra a direção da corrente.

O fato de nos lençóis dos rios a água fluir lentamente faz com que a carga das partículas suspensas se assente e forme um leito muito fértil. Esses nutrientes e água doce promovem o desenvolvimento do rico ecossistema representado pelos lençóis dos rios, tanto em quantidade quanto em qualidade, sendo o ecossistema fluvial com maior biodiversidade . Além disso, sua alta taxa biológica faz com que se comportem como sistemas naturais de tratamento de água , eliminando grande quantidade de resíduos da atividade humana.

Devido a essa importância ambiental, os lençóis dos rios costumam ser protegidos. Por exemplo, a zona húmida Tablas de Daimiel , o último representante das tábuas dos rios na Península Ibérica, está na rede de Parques Nacionais (nível de protecção IUCN II ) desde 1973 e foi declarada Reserva da Biosfera pela UNESCO em 1981, entre outras formas de protecção figuras.