Os dragões barbudos consomem pequenos insetos e também vegetais.

Os dragões barbudos são criaturas maravilhosas e misteriosas que podem levar seus pais humanos à distração quando eles rolam seus olhos de lagarto para um grilo ou uma folha de alface. Sem a capacidade intelectual necessária para dominar o inglês e a configuração oral correta para pronunciar a maioria das palavras em inglês, quando um dragão barbudo não come, ele realmente não consegue explicar o porquê. Isso significa que o proprietário de um lagarto precisa fazer algumas investigações básicas para determinar se o dragão está se sentindo ansioso, se as condições do habitat precisam ser ajustadas ou se é hora de levar a criatura ao veterinário para um checkup.

Dragões barbudos não podem comer se seu ambiente não for apropriado.

Muitos tipos de lagartos são um pouco menos sensíveis, e os dragões barbudos são especialmente sensíveis a muito estresse. Embora seja bom para os amantes de lagartos tirar seus dragões da gaiola para um pequeno carinho escamoso de vez em quando, é importante não exagerar. Muita proximidade faz um dragão querer cuspir fogo e, quando há tanto estresse, ele geralmente perde o desejo de comida, e o dragão barbudo não come.

Brumation em dragões barbudos às vezes é confundido com doença porque os lagartos comem menos e dormem mais do que o normal.

Se houver muita atividade acontecendo ao redor do ambiente de um dragão barbudo, o estresse também pode ocorrer. Se a gaiola estiver em um local onde crianças, cães e gatos regularmente invadem ou param para uma visita, o dragão provavelmente não se sentirá muito seguro. Uma coisa que o proprietário pode fazer para tornar o habitat um pouco mais confortável é cobrir as laterais da gaiola. Pode parecer lógico mover a gaiola, mas como esses pequeninos são criaturas de hábitos, o tiro pode sair pela culatra em uma greve de fome completa.

Bebês de dragões barbudos não deveriam ser alojados com caras grandes. Dragões menores recusarão comida se se sentirem intimidados por irmãos e irmãs maiores. A gaiola também deve estar limpa, porque um ambiente imundo é suficiente para tirar qualquer lagarto de sua alimentação.

O ambiente que os dragões barbudos exigem é muito específico. A temperatura errada ou muita umidade pode ser o suficiente para fazer o lagarto rastejar sob uma rocha. Quando um dragão barbudo não come, muitas vezes acaba sendo causado por um problema ambiental. Eles precisam de temperaturas diurnas mais altas com parte da gaiola à sombra. Noventa e cinco a 110 graus Fahrenheit (35 a 43 graus Celsius) é de rigueur, e uma rocha plana sobre a qual se espalhar e se aquecer é algo de que todo dragão barbudo precisa.

Se o dragão barbudo não comer, apesar de todos esses requisitos serem atendidos, é hora de uma visita ao veterinário. Possivelmente, a besta está simplesmente passando por um período de dormência. Nesse caso, o veterinário pode oferecer instruções sobre como facilitar um pouco de descanso e relaxamento. Também é possível, entretanto, que o lagarto esteja sofrendo de uma doença ou distúrbio que exija atenção médica.