Um complexo imune, imunocomplexo ou complexo antígeno-anticorpo , é um agregado multimolecular formado pela união integral de anticorpos e antígenos solúveis .

Após a formação dos imunocomplexos, estes podem ser objeto de múltiplas respostas do organismo, incluindo a deposição e ativação do sistema complemento , opsonização, fagocitose ou processamento por enzimas proteases.

As hemácias que carregam receptores CR1 em sua superfície são capazes de aderir a complexos imunes recobertos por C3b (componente do complemento 3b) e transportá-los para serem fagocitados, principalmente no fígado e baço.

Os imunocomplexos, em certas situações, podem causar doenças se forem depositados em órgãos e tecidos sem serem devidamente eliminados pelas células fagocíticas. Por exemplo, é o que ocorre em certas formas de vasculite ou doença do soro .

As doenças imunocomplexas são classificadas como reação de hipersensibilidade do tipo III na classificação de Gell-Coombs. Além disso, a deposição de imunocomplexos é uma característica comum em várias doenças autoimunes, incluindo lúpus eritematoso, crioglobulina, artrite reumatóide, esclerodermia e síndrome de Sjögren.