Uma zebra bebê é chamada de potro, embora alguns indivíduos possam se referir às zebras jovens como filhotes. Como os cavalos, uma zebra bebê é chamada potranca se for fêmea e um potro se for macho. As fêmeas adultas são éguas e os machos zebras são chamados de garanhões.

Dependendo da espécie, as zebras acasalam durante todo o ano. O período de gestação é geralmente entre 12 e 13 meses. As zebras geralmente têm apenas uma zebra bebê por ano, embora ocasionalmente nasçam gêmeos.

Zebras.

As zebras adultas são caracterizadas por seu padrão listrado preto e branco. Este padrão varia com cada zebra, e não há dois padrões exatamente iguais. Em contraste, uma zebra bebê é marcada com listras marrons e brancas em vez de preto e branco. O padrão exclusivo de listras da zebra é pensado para servir como uma camuflagem, tornando mais fácil se misturar com a grama alta de seu habitat natural.

Os leões são um predador natural da zebra.

As zebras vivem em grupos denominados haréns, embora as três espécies de zebras difiram um pouco na formação desses grupos. As zebras de Grevy só formam grupos temporários, dispersando-se depois de alguns meses. Em contraste, as espécies de planícies e montanhas formam haréns que geralmente são compostos por um garanhão e aproximadamente seis éguas e suas zebras jovens.

As chitas são predadores em potencial para zebras bebês.

Dentro dos haréns, as zebras bebês são protegidas por todas as zebras do grupo. As zebras jovens da espécie Grevy, no entanto, muitas vezes são protegidas apenas por suas mães devido à natureza temporária das práticas de pastoreio desta espécie. As espécies de montanhas e planícies se comunicam por meio de um relincho agudo, enquanto as zebras de Grevy emitem um som de zurro alto.

Um bebê zebra aprende a reconhecer sua mãe pela visão, cheiro e som. Geralmente, leva dois a três dias antes que um bebê zebra seja capaz de distinguir sua mãe das outras éguas. Durante esse processo, a égua geralmente se afasta do harém com sua zebra bebê e mantém as outras zebras afastadas até ter certeza de que seu potro pode reconhecê-la.

As zebras têm um olfato incrível, visão aguçada e pernas traseiras extremamente poderosas. Quando atacadas ou perseguidas por predadores, as zebras chutam as patas traseiras enquanto fogem em um esforço para afastar o perigo. Nos haréns, o garanhão permanecerá na parte de trás do rebanho para lutar contra os predadores que perseguem. Os haréns fogem em manadas, permanecendo próximos uns dos outros para confundir os predadores com seus padrões listrados. Predadores naturais incluem hienas pintadas, leões, chitas e leopardos.