O umbigo é uma cicatriz que marca o local onde o cordão umbilical foi preso nos bebês. Sua forma pode ser afundada ou abaulada, mas quase sempre com sulcos e dobras.

As duas causas mais comuns de mau cheiro no umbigo são a falta de higiene e a onfalite , uma infecção do umbigo que pode ocorrer de forma recorrente e produz secreção com um odor desagradável.

Causas do mau cheiro no umbigo

1. Higiene inadequada

Devido ao formato natural do umbigo, a limpeza requer atenção, principalmente se for estreito e profundo . Também é possível que a umidade permaneça entre as dobras do interior. Ambos os casos podem causar mau cheiro.

A solução é prestar atenção à limpeza frequente do umbigo. Você pode se ajudar com um cotonete para limpá-lo completamente, mas com cuidado. Depois de limpo, deve secar muito bem com uma toalha ou pano limpo.

A falta de higiene, além de produzir mau cheiro, pode complicar-se e causar uma infecção conhecida como onfalite.

2. Onfalite

A onfalite é uma infecção do umbigo caracterizada por vermelhidão e inchaço do umbigo e da área circundante. É normal haver drenagem e mau cheiro . A secreção geralmente é clara ou amarelada e pode aparecer pus ocasionalmente .

A causa mais comum de onfalite é a falta de higiene . Em adultos, geralmente é uma infecção bastante localizada, de evolução lenta. Em recém-nascidos, é devido à infecção do cordão umbilical.

Para tratar a onfalite é preciso ter higiene adequada no umbigo, secar muito bem após cada banho e depois aplicar um anti-séptico.

Se você sentir desconforto que não melhora em 3 ou 4 dias, consulte um médico para descartar problemas maiores e agir o mais rápido possível. Se o médico julgar adequado, ele pode prescrever um creme antibiótico e até mesmo um antibiótico oral em casos de infecções mais graves ou persistentes.

Em casos extremos, a cirurgia (semelhante a operações de fístulas e cistos) pode ser necessária.

Em alguns casos, a onfalite se torna recorrente, mesmo com uma boa higiene. O médico deve estudar a existência de problemas de saúde por trás dessas infecções.

As causas mais comuns de onfalite recorrente são:

  • Uracosinus : uma doença de origem genética que se caracteriza por um fechamento incompleto do úraco (um tubo que conecta a bexiga e o cordão umbilical no feto e que se fecha naturalmente após o nascimento).
  • Hérnia umbilical
  • Endometriose
  • Cisto epidérmico