O esquilo, um animal de sangue quente, hiberna durante o inverno.

Animais de sangue quente e frio hibernam, incluindo algumas espécies de esquilos, ouriços, sapos, tartarugas e até alguns peixes. A maioria dos animais que hibernam é encontrada nas áreas do norte e extremo sul do globo – os climas mais frios do mundo. A variedade é bastante extensa e inclui também hamsters , gambás e texugos. Os ursos, talvez o mais famoso desses animais, não dormem tão profundamente quanto muitos outros animais, então alguns cientistas não consideram isso a verdadeira hibernação.

Animais de sangue quente

Alguns animais de sangue frio, como a rã-touro, hibernam durante o inverno.

Muitos pequenos animais de sangue quente hibernam durante o inverno, incluindo muitos roedores como o arganaz, esquilo terrestre e marmota. Esses animais devem hibernar durante parte do ano e, uma vez que esse processo começa, eles são extremamente difíceis de acordar. A temperatura corporal de um arganaz-avelã, por exemplo, cai para pouco acima de zero, e seu coração bate apenas algumas vezes por minuto. Alguns desses animais acordam periodicamente para comer, mas outros permanecem nesse sono profundo por até seis meses. Outros animais de sangue quente que hibernam incluem lêmures camundongos e gambás pigmeus da montanha.

As tartarugas costumam hibernar.

A maioria dos pássaros não hiberna de verdade, embora o pobre-comum, uma espécie da família chamada Nightjars ou Nighthawks, o faça. Encontrado no sudoeste dos Estados Unidos e no México, este pássaro pode passar semanas ou meses durante o inverno em um estado inativo. Outras aves podem entrar em um estado conhecido como torpor, durante o qual diminuem o metabolismo e a temperatura corporal, mas isso geralmente dura apenas um curto período de tempo, muitas vezes durante a noite. Em muitos casos, a hibernação é descrita como torpor de longa duração.

Alguns hamsters hibernam.

Os ursos são os animais mais comumente identificados que dormem durante os meses de inverno; entretanto, muitos cientistas não classificam o urso como um verdadeiro hibernador porque ele não passa pelo mesmo grau de mudanças fisiológicas que outros animais em hibernação passam. Por exemplo, enquanto os batimentos cardíacos e a respiração de um urso diminuem, sua temperatura corporal não cai muito. Junto com alguns morcegos, os ursos também são relativamente fáceis de acordar. A maioria dos ursos dá à luz seus filhotes durante o inverno e, portanto, a mãe ursa deve ficar um tanto consciente durante o processo de parto para cuidar adequadamente de seus filhotes.

Animais de sangue frio

Os ouriços são animais que hibernam.

Insetos, répteis e outras espécies, incluindo alguns peixes, também hibernam. Como não conseguem manter a temperatura corporal da mesma forma que os animais de sangue quente, muitos animais de sangue frio buscam refúgio em árvores ocas, cavernas ou no subsolo para se proteger durante o inverno. Algumas criaturas do pântano – assim como peixes – freqüentemente se enterram na lama no fundo de um lago ou lagoa. Isso não apenas protege a criatura dos elementos, mas evita que a correnteza lave a criatura rio abaixo e evita que ela se torne uma refeição para outros predadores que não hibernam.

Alguns cientistas não consideram os ursos hibernadores verdadeiros.

Alguns especialistas fazem uma distinção entre os períodos de dormência de inverno de animais de sangue quente e frio. Em vez de “hibernação”, eles se referem a ela como “brumação” quando ocorre em répteis. A principal diferença é a fonte de energia; os mamíferos comem comida extra antes de hibernar e usam a gordura armazenada para sobreviver no inverno, enquanto os répteis sobrevivem com glicogênio, uma molécula de armazenamento de energia. Para fins práticos, no entanto, os dois estados são muito semelhantes.

Como funciona a hibernação

Os morcegos são conhecidos por serem facilmente acordados quando entram em seus torpores de inverno.

Hibernation allows an animal to slow its life support systems tremendously, often having only one heart beat occur over several minutes. This altered metabolism not only saves energy, it prevents the animal’s body from requiring additional food and water while it sleeps. The animal’s body temperature also drops, and the majority of the warmth is concentrated near and around the vital organs. In some animals, such as the opossum, the young are born while the mother sleeps; the newborns make their way into a pouch on the mother’s underbelly, where they nurse throughout the remainder of the mother’s hibernation period.

Opossums are an example of an animal whose babies are born while the mother sleeps.

In some instances, the weather can turn unusually warm early in the season, bringing the animals out of their hibernating state much earlier than usual. This can often prove to be life-threatening for the animal, because food, such as grasses and berries, are not yet available. In this case, the animals may become starved and malnourished. Such a season can also be life-threatening to newborns as their mother’s milk may dry up due to her lack of nutrition.