A poluição do ar pelas fábricas é um sério problema ambiental.

Os problemas ambientais podem ser encontrados em todas as partes do mundo e afetam a terra, a água e o ar. Alguns resultam do que os humanos tiram do meio ambiente, na forma de terra para a agricultura e acomodação para uma população em rápido crescimento; recursos minerais e de combustíveis fósseis; e madeira. Esses problemas incluem desmatamento, erosão, danos aos ecossistemas e redução da biodiversidade. Outros problemas decorrem do que os humanos colocam no meio ambiente, na forma de vários poluentes. Essas questões incluem mudanças climáticas, danos à camada de ozônio , poluição urbana e chuva ácida .

Degradação ambiental

O corte raso é uma forma de degradação ambiental.

Um dos aspectos da degradação mais divulgados é o desmatamento. Na floresta amazônica em particular, as árvores estão sendo derrubadas em uma taxa alarmante para fornecer mais terras para a agricultura. Isso está ameaçando a sobrevivência de muitas espécies animais, por exemplo, a onça-pintada. Em Bornéu e Sumatra, outro animal da floresta, o orangotango, está ameaçado pelo mesmo motivo.

Cientistas ambientais usam amostras coletadas em campo para rastrear a qualidade do ar, da água e do solo.

O desmatamento também pode levar à erosão do solo. As árvores estabilizam o solo com suas raízes, reduzem a intensidade da chuva que atinge o solo e ajudam o solo a reter a umidade. Quando são removidos, a chuva forte pode rapidamente levar a sujeira para longe e, durante os períodos de seca, o solo nu e desidratado pode ser removido pelo vento. O desmatamento em morros e encostas de montanhas pode levar a inundações, já que a água pode então correr desimpedida pelas encostas, e também pode resultar em deslizamentos de terra desastrosos.

Água poluída por um derramamento de óleo.

Em alguns casos, campanhas bem-sucedidas foram lançadas para aliviar alguns desses problemas. Por exemplo, nos Estados Unidos, a extração de madeira em áreas florestais estava destruindo o habitat da coruja-pintada do norte, uma espécie ameaçada. Após um longo processo judicial, no entanto, a exploração madeireira foi restringida nessas áreas. Desde 2013, existem campanhas em andamento para salvar uma variedade de animais ameaçados de extinção.

Poluição do ar

A erosão do solo pode expor as raízes das árvores e arrancar as florestas.

Este é um problema global que afeta a atmosfera, oceanos, lagos e rios, e também a terra. Muitas atividades humanas resultam na liberação de produtos químicos tóxicos no ar ou na água, que podem prejudicar o meio ambiente ou causar problemas de saúde às pessoas. Dois dos piores poluentes do ar são o dióxido de enxofre (SO 2 ) e o dióxido de nitrogênio (NO 2 ). O SO 2 é produzido por compostos de enxofre em combustíveis fósseis, particularmente carvão, enquanto o NO 2 vem principalmente de escapamentos de automóveis. Ambos são tóxicos e níveis elevados em ambientes urbanos podem causar, ou agravar, problemas respiratórios em humanos.

A queima de madeira emite carbono.

Esses gases também são responsáveis ​​pela chuva ácida. Ambos sofrem reações na atmosfera que produzem ácidos fortes, que se dissolvem na água da chuva. A chuva resultante pode aumentar a acidez dos solos e lagos, matando espécies sensíveis e pode danificar diretamente as árvores e outras plantas. Também pode danificar alguns edifícios e monumentos de pedra.

Outro motivo de preocupação é o esgotamento da camada de ozônio, alta na atmosfera. Esta camada absorve a luz ultravioleta, principalmente as formas mais prejudiciais, minimizando a exposição ao nível do solo. A liberação de produtos químicos conhecidos como clorofluorcarbonos (CFCs), usados ​​em sprays de aerossol , é responsabilizada por danificar essa camada e, potencialmente, aumentar a exposição de humanos, animais e plantas a níveis perigosos de luz ultravioleta. Esses produtos químicos foram proibidos nos EUA e no Canadá, mas muitos outros países ainda os usam.

Os CFCs em sprays de aerossol estão agora proibidos nos Estados Unidos.

Air pollution can also take the form of tiny particles. Many combustion processes, such as wood and coal fires, wood stoves, and the burning of fuel in cars produce minute particles of carbon, in the form of soot and smoke. These may affect climate, by reducing the transparency of the atmosphere, and by acting as “condensation nuclei,” which encourage water vapor to condense into droplets, increasing cloud cover. At lower levels, these “particulate” pollutants may contribute to respiratory problems in people.

Climate Change

Car emissions contribute to air pollution.

One of the biggest environmental problems facing mankind is due to a pollutant that is not normally directly harmful to humans. Carbon dioxide (CO2) is produced in huge quantities by the burning of fossil fuels, for example by cars, industrial processes, and airplanes. It traps heat in the Earth’s atmosphere, and is the most important “greenhouse” gas. Increased levels resulting from human activities are thought to be raising air and ocean temperatures across the planet, a phenomenon known as “global warming” or “climate change.” This, in turn, seems to be causing melting of glaciers and ice sheets on a large scale, which may lead to rises in sea level and the consequent loss of large areas valuable, low-lying agricultural land, and the displacement of huge numbers of people.

Fertilizer runoff from farms is damaging to aquatic life.

Climate change may also have a drastic effect on agriculture due to changes in temperature and rainfall. Many crop plants may be unable to adapt to drier or wetter conditions. Droughts may affect some areas, while others may suffer from flooding, due to increased rainfall. It may be that warming of the oceans will lead to more frequent, and more severe, hurricanes.

Water Pollution

This can occur through the release of industrial waste, for example from mining and metal refining activities, into streams and rivers, from where it may make its way into the ocean. A variety of toxic metals can affect aquatic and marine life and may accumulate in the food chain, posing a threat to humans. Another major source of water pollution is fertilizers, which can be washed into rivers and lakes from farmland, causing a phenomenon known as eutrophication. Nitrates and phosphates, present in fertilizers, and essential for plant growth, can also promote uncontrolled multiplication of algae in lakes, causing an “algal bloom.” This reduces water quality and oxygen levels, and may kill fish.

Invasive Species

Humans often introduce animal and plant species to areas outside their natural range. Sometimes this is done intentionally and sometimes not, but often it can lead to serious environmental problems. Domestic pets may kill local wildlife, while non-native garden plants may escape and become established in a new area, taking over from native species, perhaps because they have no natural predators in their new environment. Increased international travel means that disease-causing organisms can easily be introduced to new areas, where they may cause devastation among species that have no natural resistance.

Solutions

Solutions to many of these problems will require action by governments across the globe, for example, to reduce burning of fossil fuels and develop renewable energy resources. Ordinary people, however, can make their own contributions; for example, cutting down on car journeys helps reduce levels of carbon dioxide, nitrogen oxides and soot. Avoiding long haul flights wherever possible may also help. Companies can play a role by using teleconferencing facilities so that employees do not have to travel to meetings, and allowing staff to work online from home, where practical. Individuals can also help in many small ways, such as minimizing their use of garden fertilizers, not using them when rain is forecast, picking up litter and rubbish that might harm wildlife, and properly disposing of harmful chemicals.