As erupções cutâneas de gatos precisam ser examinadas de perto porque a condição da pele reflete a saúde geral do animal.

A condição da pele de um gato pode frequentemente refletir a qualidade de sua saúde geral, razão pela qual as erupções cutâneas geralmente precisam ser investigadas mais detalhadamente. Existem vários fatores que podem causar erupções cutâneas em gatos, incluindo infecções, alergias, ansiedade e uma infestação de parasitas. Depois que as causas das erupções cutâneas em gatos forem identificadas – geralmente após um exame físico – o tratamento apropriado pode ser administrado por um veterinário ou pelo proprietário do gato.

Uma causa comum de erupções cutâneas em gatos, picadas de pulgas e sugam o sangue de humanos e animais.

Existem vários tipos de erupções na pele do gato que muitas vezes podem indicar a origem da irritação. Quando um gato tem pulgas, pode-se observar coceira excessiva e também pode haver perda de pelos ao redor da base da cauda, ​​assim como pele inflamada e escamosa. Coletivamente, esses sintomas são conhecidos como dermatite miliar felina e podem ocorrer quando um gato é picado por pulgas, porque a saliva das pulgas é conhecida por desencadear reações alérgicas. Da mesma forma, mais inflamação pode ser causada por coceira excessiva. Uma variedade de tratamentos tópicos está disponível para tratar uma infestação de pulgas, incluindo xampus, pós e sprays, mas tratar erupções cutâneas em gatos dessa forma também pode desencadear uma reação, portanto, o conselho deve ser obtido com um cirurgião veterinário.

A fumaça do cigarro pode fazer com que um gato desenvolva alergias.

Quando ocorre nas patas, cabeça e orelhas e é acompanhada por perda de pelos, a inflamação da pele pode indicar que o gato contraiu dermatofitose – ou micose , como é comumente chamada. Como uma infecção fúngica da pele, a micose é contagiosa para animais e humanos, mas em muitos casos, a condição desaparece sem tratamento. No entanto, é aconselhável procurar aconselhamento profissional imediatamente devido à natureza contagiosa da infecção.

Amostras de sangue podem ajudar a determinar a causa das erupções cutâneas em gatos.

As alergias ambientais que afetam a pele, às vezes conhecidas como dermatite atópica, podem ocorrer quando o gato é sensível a vários tipos de pólen ou grama. Da mesma forma, um gato também pode desenvolver alergia a outros produtos domésticos, como desodorantes, desinfetantes e fumaça de cigarro. A inflamação e a vermelhidão ao redor das orelhas estão frequentemente associadas a essa condição, que pode ser diagnosticada após um teste de raspagem da pele e pela obtenção de amostras de sangue.

A alopecia psicogênica felina pode ocorrer quando um gato fica entediado, estressado ou ansioso. Quando um gato cuida de si mesmo, hormônios calmantes são acionados, portanto, quando os gatos são expostos a situações de estresse ou ansiedade, eles podem se tornar predispostos a cuidados excessivos, resultando em erupções cutâneas e perda de pelos. Esta condição geralmente é diagnosticada depois que uma amostra de pelo foi analisada, um teste de raspagem de pele foi realizado e uma amostra de sangue foi analisada.