A instalação de pisos de madeira pode ajudar a agregar valor a uma casa.

A dica mais importante para a instalação de pisos de madeira DIY é preparar o espaço e escolher os melhores materiais antes do início do projeto. Em primeiro lugar, a sala em que o piso de madeira DIY será instalado precisará ser limpa de todos os móveis e outros acessórios. Os rodapés ou corredores também podem precisar ser removidos. Antes de fazer isso, no entanto, é importante escolher os melhores materiais para um determinado espaço. O piso de madeira pode ser difícil de instalar, mas alguns kits estão disponíveis para tornar o processo mais fácil. Escolha os materiais corretos e os melhores procedimentos de instalação antes de começar.

As etapas mais importantes para instalar o piso de madeira são preparar, limpar e medir a superfície do contrapiso.

Lembre-se de que o tipo de contrapiso presente na casa terá um impacto sobre o tipo de piso de madeira DIY que pode ser instalado. Os contrapisos de madeira compensada são bons para instalação, e o concreto também pode ser usado como contrapiso sob o piso de madeira faça você mesmo, desde que seja nivelado e não abaixo do nível do solo fora de casa. Se estiver, a umidade pode penetrar e danificar o piso de madeira rapidamente. É uma boa ideia instalar algum tipo de folha impermeável entre o concreto ou compensado e o piso de madeira.

Ao instalar pisos de madeira, primeiro permita que as tábuas se adaptem aos níveis de temperatura e umidade da casa.

Monte as ferramentas adequadas antes de iniciar o projeto de piso de madeira DIY. As ferramentas necessárias podem variar dependendo do tipo de piso que está sendo instalado, portanto, faça pesquisas para descobrir quais ferramentas serão necessárias para comprar ou alugar. Um pregador de piso será necessário ao instalar o piso de madeira DIY, embora um martelo e pregos de acabamento possam ser usados ​​em grande parte do processo de pregar. Certifique-se de ter massa para madeira à mão para preencher os furos sobre os pregos de acabamento; você também precisará de um conjunto de pregos para definir os pregos de acabamento abaixo do nível das placas. Assim que as ferramentas estiverem montadas, remova qualquer piso antigo e lixe os restos para que o contrapiso fique plano e nivelado.

Ao cortar tábuas de chão, é melhor usar uma serra de mesa ou serra de esquadria. O corte transversal de uma placa exigirá uma serra circular; se possível, use algum tipo de guia ao cortar com uma serra circular para garantir que o corte seja reto em todo o comprimento da placa. Uma lâmina com ponta de carboneto é melhor para esse tipo de corte. Certifique-se de que todos os cortes estão retos; meça duas vezes antes de fazer qualquer corte para garantir que o comprimento ou largura foi medido corretamente.