As araras podem ser aves muito afetuosas, especialmente quando criadas em cativeiro e alimentadas por humanos.

As araras são um dos tipos mais populares de papagaios que são mantidos como animais de estimação e, como todos os animais, existem muitos prós e contras em ter araras como animais de estimação. As araras podem ser aves muito afetuosas, especialmente quando criadas em cativeiro e alimentadas por humanos. Eles também são inteligentes e podem ser bastante divertidos. Por outro lado, as araras são muito barulhentas, requerem bastante atenção e podem ser destrutivas, especialmente quando estão entediadas ou sozinhas.

Os proprietários devem instruir as crianças a manterem as mãos fora das gaiolas de pássaros.

Uma das maiores vantagens de possuir araras como animais de estimação é seu nível de inteligência. Eles estão entre os melhores falantes na ordem dos papagaios, e suas travessuras podem ser muito divertidas para seus donos. Embora as araras possam aprender a imitar a fala e os sons simplesmente ouvindo as pessoas ao seu redor, treiná-las para falar sob comando é um pouco mais complicado. Araras entediadas podem ser extremamente barulhentas, a ponto de vizinhos próximos reclamarem.

As araras-de-testa-vermelha são muito procuradas como animais de estimação.

As araras como animais de estimação também podem ser muito afetuosas com seus donos. Eles tendem a formar um vínculo mais forte com uma pessoa, mas se todos na família trabalharem com eles, eles serão afetuosos com os outros. Quanto mais cedo o pássaro for socializado, melhor se comportará perto das pessoas. Araras selvagens capturadas, que são ilegais na maioria dos lugares, são mais difíceis de socializar do que aquelas criadas em cativeiro.

Em geral, as araras não têm medo das pessoas. Embora isso seja uma grande vantagem para as araras como animais de estimação, também pode ser um golpe, pois, como não têm medo de humanos, elas não têm escrúpulos em morder se se sentirem ameaçadas. As araras têm bicos enormes e afiados que podem ser prejudiciais, especialmente para uma criança. Os proprietários devem instruir as crianças a manterem as mãos fora das gaiolas dos pássaros e monitorar de perto qualquer interação entre papagaios e crianças. Até que a arara se familiarize com seus donos, também é melhor evitar que a ave se empoleire nos ombros ou perto do rosto.

Esses bicos grandes também podem causar muitos estragos em toda a casa, especialmente se o pássaro estiver pedindo atenção. As araras, como animais de estimação, requerem uma boa interação com seus donos e, quando deixadas por conta própria, podem mastigar qualquer coisa que possam alcançar, incluindo papel de parede, mesas e até pedaços da própria parede. As gaiolas devem ser mantidas a vários metros de distância da parede. As araras que podem sair de suas gaiolas regularmente devem ser monitoradas de perto.

As araras, como animais de estimação, costumam ter uma vida útil muito longa, semelhante à de um ser humano, o que pode ser tanto a favor quanto contra. Do lado positivo, os proprietários terão muitos anos juntos com seu animal de estimação. Por outro lado, as aves muitas vezes sobrevivem a seus donos, portanto, é necessário tomar providências para determinar quem cuidará da arara após o falecimento do proprietário.