As vitaminas são substâncias essenciais para a vida que não podemos sintetizar e que devemos inevitavelmente ingerir por meio de nossa dieta, portanto, são nutrientes essenciais . A exceção é a vitamina D, substância que nem sempre é essencial na dieta alimentar, pois podemos sintetizá-la na pele a partir do colesterol e da ação da radiação solar.

Classificar vitaminas é muito complicado. Eles são quimicamente muito diferentes e cada um tem várias funções . Existem vitaminas antioxidantes, como a vitamina E e a vitamina C, outras atuam como coenzimas e grupos protéticos ou precursores destas, como o grupo das vitaminas B , e algumas até atuam como hormônios, como a vitamina D que regula o metabolismo mineral ou vitamina A que está envolvida na regulação do crescimento e diferenciação celular. Alguns podem até exibir várias funções ao mesmo tempo.

O critério de classificação mais utilizado é a capacidade de solubilidade em água e gordura , uma característica muito geral que não informa sobre sua atividade, mas dá uma ideia sobre quais vitaminas um determinado tipo de alimento pode conter e sobre as rotas metabólicas gerais: fatores que influenciam sua absorção, rotas de excreção ou padrões de armazenamento e distribuição no corpo.

Com base neste critério, as vitaminas são classificadas em dois grandes grupos:

  1. Vitaminas solúveis em água : vitaminas são solúveis em água e meios aquosos, não – gordura. Eles são a vitamina C e as 8 vitaminas do grupo B.
  2. Vitaminas solúveis em gordura : substâncias solúveis em lipídios e meios graxos, não em meio aquoso. Eles são vitaminas A, D, E e K.

Vitaminas solúveis em água

O grupo de vitaminas solúveis em água é constituído por vitamina C e as vitaminas B oito . Todos eles são solúveis em água e todos atuam como cofatores enzimáticos , seja como coenzimas ou como grupos protéticos , além de poderem ter outros efeitos.

Sendo solúveis em água, eles serão dissolvidos na parte aquosa do alimento. Eles são absorvidos diretamente na corrente sanguínea nos enterócitos por meio de vários mecanismos de membrana. O excesso é excretado pela urina e não se acumula no corpo , com exceção da vitamina B12, que é armazenada em depósitos hepáticos, por isso deve ser consumida com maior frequência e regularidade do que as vitaminas lipossolúveis.

A vitamina C é o ácido ascórbico , principalmente o L – enantiômero, e é uma substância essencial para muitos tipos de organismos, mas quase todos sendo sintetizados, a espécie humana não consegue. Em solução, está na forma de ascorbato, um poderoso antioxidante que atua como substrato para a enzima ascorbato-peroxidase . Ele também atua como uma coenzima para várias enzimas vitais que catalisam a hidroxilação do colágeno, síntese de carnitina, síntese de norepinefrina, síntese de vários hormônios e metabolismo de tirosina.

As vitaminas B são um grupo quimicamente heterogêneo, embora todas com nitrogênio em sua molécula, que participam da regulação do metabolismo celular :

  • Vitamina B1 (tiamina) : coenzima no catabolismo de açúcares e aminoácidos.
  • Vitamina B2 (riboflavina) : precursor dos cofatores FAD (flavina adenina dinucleotídeo) e FMN (flavina mononucleotídeo), necessários para muitas flavoproteínas e para a ativação de outras vitaminas.
  • Vitamina B3 (niaciona) : precursor dos cofatores NAD e NADP, necessários em muitas reações metabólicas.
  • Vitamina B5 (ácido pantotênico) : precursor da coenzima A, necessário para metabolizar muitas moléculas.
  • Vitamina B6 (piridoxina) : coenzima em muitas reações metabólicas.
  • Vitamina B7 (biotina) : coenzima carboxilase, enzimas necessárias para a síntese de ácidos graxos e gliconeogênese.
  • Vitamina B9 (ácido fólico) : é um cofator de várias reações metabólicas e participa na formação, reparo e metilação do DNA, especialmente importante nas fases de desenvolvimento posterior, especialmente na infância e no desenvolvimento embrionário.
  • Vitamina B12 (cobalamina) : coenzima necessária para o metabolismo dos ácidos graxos, aminoácidos e síntese de DNA.

Vitaminas lipossolúveis

Vitaminas solúveis em gordura estão presentes em alimentos que contêm uma fração de gordura relativamente grande. Eles são absorvidos no intestino delgado por meio dos quilomícrons juntamente com triglicerídeos, fosfolipídeos, colesterol e outras substâncias gordurosas, por isso precisam de sais biliares e são absorvidos pela circulação linfática antes de passarem para o sangue. As vitaminas A, D, E e K são vitaminas solúveis em gordura . Todos eles são armazenados no fígado e se acumulam no tecido adiposo .

Devido a esse acúmulo, e ao contrário das vitaminas hidrossolúveis, é possível um fornecimento adequado sem a necessidade de consumi-las diariamente e também permite atingir níveis tóxicos mais facilmente (hipervitaminose), principalmente se forem consumidos suplementos nutricionais e alimentos. .

Muitas vezes você pode encontrar suplementos nutricionais e aditivos alimentares com formas solúveis em água dessas vitaminas que são metabolizadas no corpo na forma ativa, mas não devem ser confundidas com vitaminas solúveis em água.

  • Vitamina A (retinol, retinal, carotenóides) : faz parte da rodopsina, um pigmento presente nos bastões retinais que é necessário para a visão, especialmente em condições de pouca luz. Participa do crescimento e diferenciação do olho, sistema respiratório e trato gastrointestinal. É necessário na osteogênese e melhora a resposta imunológica.
  • Vitamian D (calciferol) : é um precursor do calcitriol, considerado um hormônio, pois pode ser sintetizado completamente endogenamente a partir do colesterol e da ação da ração UV do Sol. Aumenta a absorção de cálcio e fósforo no intestino, inibe a formação de osteoclastos (células de reabsorção óssea) e reduz a secreção do hormônio da paratireóide (PTH), seu papel mais importante é a regulação da remodelação óssea, homeostase do cálcio e metabolismo geral, mas também intervém na função muscular e na função imunológica.
  • Vitamina E (alfa-tocoferol) : atua como antioxidante com papel de destaque na síntese do grupo heme, parte essencial do transporte de hemoglobina e oxigênio, e na prevenção da peroxidação lipídica.
  • Vitamina K (fitomenadiona) : necessária nos processos de coagulação do sangue e na formação dos glóbulos vermelhos.

Tabela comparativa

Vitaminas lipossolúveis

A, D, E e K

Vitaminas solúveis em água

C e grupo B

Solúvel em meio gordo, não em meio aquoso Solúvel em meio aquoso, e não em meio gordo São absorvidos juntamente com os lípidos. Requer sais biliares. A absorção é mais simples. Eles não são excretados. Eles são excretados na urina. Eles são armazenados no fígado e se acumulam nos tecidos adiposos. Eles não são armazenados ou acumulados (exceto B12). A deficiência se manifesta quando as reservas foram esgotadas. A deficiência se manifesta mais rapidamente com insumos insuficientes Doses relativamente altas separadas a tempo não podemos prevenir uma deficiência Eles exigem um insumo mais regular Uma hipervitamina é causada pelo consumo excessivo de álcool e mais provável A hipervitaminose e improvavel; ou excesso e excretado