A vodka garante que o peixe expire.

Chega um momento na vida de todo aquarista em que um peixe que não consegue mais se recuperar de doenças ou ferimentos deve ser sacrificado. Esta não é uma tarefa fácil, mas pode ser feita de forma humana e pacífica, sem stress para os peixes ou aquaristas. O melhor método é um processo de duas etapas. Primeiro, anestesie o peixe com óleo de cravo para que ele durma e não sinta dor; em seguida, introduza um álcool de cereais transparente, como a vodca, para garantir que o peixe não acorde.

O óleo de cravo anestesia os peixes.

Esse método é comumente confundido com a mistura de óleo de cravo e vodka. Isso está incorreto . O óleo de cravo deve ser introduzido primeiro, permitindo que o peixe adormeça antes de introduzir a vodca. A vodka é estressante para um peixe que não está anestesiado.

O óleo de cravo, ou eugenol, está disponível na maioria das farmácias e é vendido como remédio para dor de dente. Há anos é usado como anestésico para peixes em cirurgias e procedimentos de marcação . O óleo de cravo adormece o peixe e garante que não sente dor. O peixe pode acordar desse sono se retirado do banho de cravo, entretanto. A última etapa de adicionar a vodka garantirá que o peixe expire.

Os peixes não devem ser jogados no vaso sanitário.

Para peixes de até 7,6 cm de comprimento, algumas etapas simples podem ser seguidas. O dono do peixe deve adicionar um pouco de água do tanque a um copo medidor ou tigela. A quantidade de água do tanque adicionada ao copo ou tigela deve ser medida e anotada. O peixe deve então ser colocado no recipiente. Se o peixe estiver em um copo transparente, uma toalha escura colocada ao redor do copo pode acalmá-lo.

Os peixes podem ser facilmente sacrificados humanamente.

Em seguida, o proprietário deve encher um pequeno frasco ou garrafa limpa com água do tanque, deixando algum espaço no topo. Um frasco de comida para bebê ou frasco de comprimidos pode funcionar bem para isso. Ele deve então adicionar 1 gota de óleo de cravo no frasco ou garrafa, tampar e agitar o frasco vigorosamente. O óleo de cravo deve emulsificar, deixando a água branca leitosa.

Cerca de 1/4 desta mistura emulsionada deve ser despejada no recipiente do peixe. O peixe começará a adormecer à medida que começa a adormecer. O peixe deve permanecer sentado por cerca de 10 minutos.

O peixe deve estar descansando no fundo do tanque quando adormecer. Ele parecerá morto, mas se observado de perto, suas guelras estarão respirando uma vez a cada poucos segundos. Se após 10 minutos o peixe ainda estiver subindo do fundo e nadando intermitentemente, o proprietário deve pegar o frasco ou garrafa de óleo de cravo emulsionado, agitar novamente e adicionar a mesma dose ao recipiente do peixe. Ele deve esperar novamente que o peixe adormeça.

Assim que o peixe estiver dormindo no fundo, deve-se adicionar 20 a 25% de álcool de grãos brancos. Por exemplo, se o peixe está em 8 onças (240 ml) de água, 2 onças (60 ml) de vodka devem ser adicionados. Os peixes devem ficar lá por pelo menos 20 minutos.

Após 20 minutos, os peixes devem ser verificados cuidadosamente quanto a qualquer movimento das guelras. Se não houver movimento branquial durante um período de 60 segundos, o peixe expirou.

Para peixes grandes, os peixes devem ser colocados em um balde ou banheira de plástico com água do tanque; novamente, a quantidade de água do tanque usada deve ser medida. A dose para a mistura no pote será de 10 gotas de óleo de cravo por galão (3,78 litros). Por exemplo, se o peixe é colocado em 3 galões (11 litros) de água do tanque, o jarro deve ser enchido com água do tanque e 10 x 3 = 30 gotas de óleo de cravo.

Depois de agitar vigorosamente a jarra, o dono do peixe deve adicionar lentamente toda a mistura ao balde ou banheira que contém o peixe. Em seguida, deve ser misturado suavemente. Depois que o peixe estiver dormindo, as instruções anteriores para adicionar 20-25% de vodka devem ser seguidas.

Para eliminar a vodka do procedimento e a overdose apenas de óleo de cravo, o peixe deve primeiro ser colocado para dormir conforme mencionado acima, com o dono esperando 10 minutos para que o peixe assente no fundo. Uma overdose letal de óleo de cravo é de 50 gotas por galão (3,78 litros), ou 5 vezes mais forte do que a dose inicial que anestesia o peixe. Usando o mesmo exemplo, se o peixe estiver em 3 galões (11 litros) de água do tanque, a mistura letal da jarra incluirá 50 x 3 = 150 gotas de óleo de cravo. Deve ser administrado da mesma forma, agitando primeiro o frasco antes de colocar a mistura no recipiente do peixe.

Once the entire mixture has been added to the fish’s container, the owner should wait a few hours. Finally, he should make sure there is absolutely no gill movement by watching the gills closely for at least 60 straight seconds. If any gill movement is seen, more emulsified clove oil should be added.

Using clove oil alone is not recommended, because even though a fish looks dead it can recover once it has been removed from the bath. Clove oil is a preferred anesthetic precisely because it is hard to overdose a fish with it. Therefore, users should be especially diligent when using clove oil alone, making sure that the fish is really dead. It is much safer to use vodka as the final step.

Unacceptable methods of euthanasia include freezing, chopping, removing the fish from water, or flushing it down the toilet. These methods are slow, torturous, stressful, or violent. Clove oil followed by vodka is both inexpensive and humane; the fish goes to sleep and simply doesn’t wake up. Hopefully most people will rarely have to perform this task, but when someone does, it’s at least comforting to know your fish does not have to suffer.