Um pouco de queijo cottage pode ser bom para adicionar à comida de cachorro seca.

O queijo cottage para cães é uma opção segura como parte de uma dieta leve para combater a diarreia. Normalmente, uma dieta leve pode incluir uma mistura de carne com baixo teor de gordura com queijo cottage ou alguns outros alimentos leves. Muitos especialistas também aprovam o queijo cottage para cães como um tratamento ocasional ou aditivo para ração seca, quando usado com moderação. Embora alguns cães sejam intolerantes à lactose e, portanto, não possam tolerar produtos lácteos, o queijo cottage contém menores quantidades de lactose do que alguns outros produtos lácteos. Algumas fontes recomendam o uso de queijo cottage com baixo teor de gordura e baixo teor de sódio para cães, e outras aconselham espremer o excesso de líquido antes de servir.

O queijo cottage é seguro para cães, como parte de uma dieta leve.

Muitos proprietários usam queijo cottage para cães como parte de uma dieta temporária branda para tratar diarréia aguda ou problemas estomacais. O queijo cottage pode fornecer proteínas, fósforo e cálcio , além de estabilizar o sistema gastrointestinal do cão. Depois de reter totalmente os alimentos por até um dia e fornecer pequenas quantidades de água para evitar a desidratação, podem ser introduzidas pequenas quantidades de uma mistura de dieta leve. Gradualmente, a mistura de comida branda pode ser substituída pela dieta normal do cão.

Quando adicionado à dieta de um cão, um pouco de queijo cottage pode ajudar a tratar a diarreia.

Alimentos leves, incluindo queijo cottage para cães, podem apresentar carne com baixo teor de gordura, como frango cozido ou hambúrguer cozido, aveia cozida, arroz branco ou batata cozida. Para raças pequenas, a comida para bebês na forma de purê de frango pode substituir o frango cozido ou o hambúrguer. Algumas colheres de sopa de iogurte natural ou batata doce cozida podem ser adicionadas para um calmante digestivo adicional.

O iogurte puro pode ser um calmante digestivo para os cães.

Uma dieta com alimentos leves é uma resposta apropriada à diarreia aguda em cães que estão exibindo um nível de atividade normal. Um cão que apresenta diarreia junto com letargia, sangue nas fezes ou vômitos repetidos pode estar gravemente doente e deve ser levado ao veterinário imediatamente. Os donos que perceberem diarréia crônica ou recorrente em seus cães também devem ter esses animais examinados por um veterinário. Estômago inchado ou distendido, dificuldade para respirar, náusea e dor ou desconforto óbvio no abdômen são sinais de dilatação e torção gástrica, uma condição de emergência que pode resultar em morte se não for tratada rapidamente.

Outra doença gastrointestinal comum em cães é a constipação , na qual o cão tem dificuldade de evacuar ou produz fezes pequenas e duras. Adicionar vegetais cozidos à dieta do cão com moderação pode ajudar nessa condição. Além disso, exercícios frequentes e hidratação suficiente são essenciais para lidar com a constipação. Os laxantes de venda livre podem ser prejudiciais e não devem ser administrados a cães.