Um ângulo é uma figura geométrica plana formada por duas linhas que compartilham um ponto de origem. As duas linhas são conhecidas como os lados do ângulo e o ponto de origem como o vértice. A medida dos ângulos é amplitude do círculo entre os dois lados, tomando o vértice como o centro do círculo.

Os ângulos têm um significado importante na matemática e são classificados em diferentes tipos com base em sua medida (amplitude) e sua relação com outros ângulos, portanto, inúmeros tipos de ângulos podem ser definidos.

Abaixo estão alguns dos critérios de classificação mais comuns.

Tipos de ângulos de acordo com a amplitude

ângulo nulo: é o ângulo que tem amplitude de 0º. Os dois lados do ângulo coincidem

Ângulo nulo: 0º

Ângulo agudo: ângulo de amplitude maior que 0º e menor que 90º.

Ângulo agudo: 0-90º

Ângulo reto: ângulo de amplitude igual a 90º. Os dois lados de um ângulo reto são perpendiculares entre si.

Ângulo reto: 90º

Ângulo obtuso: qualquer ângulo que mede mais de 90º mas menos de 180º.

Ângulo obtuso: 90-180º

ângulo plano: ângulo que mede exatamente 180º.

Ângulo plano: 180º

ângulo oblíquo: ângulos oblíquos são geralmente entendidos como ângulos com amplitude superior a 180º, embora a definição exata seja um ângulo cuja amplitude não seja 90º ou um múltiplo de 90º, ou seja, muitos ângulos obtusos e agudos são oblíquos.

Ângulo oblíquo: não é 90º nem múltiplo de 90º

Ângulo perigoso ou completo: ângulo de 360º (em radianos, seria uma amplitude de 2π, ou seja, toda a circunferência).

Ângulo perigoso: 360º

ângulos convexos e côncavos: Qualquer ângulo entre 0 e 180º é considerado convexo ou de saída, enquanto qualquer ângulo maior que 180º mas menor que 360º é considerado côncavo ou entrante. Ângulos agudos, retos e obtusos seriam ângulos convexos. Ângulos côncavos também são chamados ângulos reflexos.

Ângulos em relação a outros ângulos

Ângulos consecutivos ou adjacentes: ângulos que compartilham um vértice e um lado sem ter nenhum ponto interno comum.

Ângulos consecutivos: vértice e um lado comum.

ângulos adjacentes: são ângulos consecutivos que somam 180º. Ou seja, eles compartilham um vértice e um lado, e os outros lados são raios opostos. Na prática, os termos ângulos adjacentes, consecutivos e contíguos são frequentemente usados ​​como sinônimos.

ângulos adjacentes

ângulo composto: é um ângulo que é obtido como a soma ou diferença de dois ou mais outros ângulos. Por exemplo, dois ângulos consecutivos formariam um ângulo composto.

ângulos congruentes: dois ângulos que medem o mesmo, ou seja, com a mesma amplitude, são ângulos congruentes.

ângulos complementares: Dois ângulos são complementares se somarem 90º.

ângulos suplementares: Dois ângulos são suplementares se somarem 180º.

Ângulos conjugados ou complementares: Dois ângulos são conjugados se somarem 360º.

Ângulos Complementares e Suplementares

ângulos opostos: também chamados de ângulos verticais ou verticalmente opostos. Ângulos opostos aparecem quando duas linhas se cruzam para formar um X ou similar. Quando duas linhas se cruzam, aparecem quatro ângulos. Nesta situação, os ângulos opostos têm a mesma medida, ou seja, são ângulos congruentes, e os ângulos adjacentes são suplementares, pois sempre somam 180º. Na imagem abaixo, os pares A – B e C – D são ângulos opostos.

ângulos opostos